quinta-feira, 1 de fevereiro de 2007

Queixar-se da CTOC

Transcrição de uma queixa colocada no site www.queixas.co.pt:

«queixa / reclamação nº: 9637
autor: Miguel Gomes
entidade visada:
Câmara dos Técnicos Oficiais de Contas-CTOC
tipo de queixa / reclamação: Atraso
data: 2006-06-26 15:56:24

Texto da queixa / reclamação:

Exmos Srs

Venho por este meio, mostrar a minha indignação perante a CTOC. Pois se eu tivesse á espera de ser TOC, morria á fome, pois é o seguinte então:
Em janeiro de 2005 comecei o estágio para acesso á profissão de TOC, que é agora obrigatório para alguns alunos de diversas instuições de ensino superior e finalizei em junho de 2006, em simultâneo trabalhava numa escola como Asistente Administrativo, fiz as horas que eram necessárias, cerca de 600h e perante uma ida ao escritório (Março de 2006, apenas viram o que é q estava a fazer plos sumários diários )dos DRS da COmissão de Inscrição da CTOC, decidiram reprovar o estágio.
Tinham 90 dias para me divulgar o resultado do estagio e decidiram revelar 2 dias após os 90 dias, mesmo á Ultima,À BOA MANEIRA PORTUGUESA!!
Eu tinha 15 dias para recorrer da decisão e recorri dentro do prazo legal, isto em OUTUBRO de 2005.
ATÈ HOJE NÂO OBTIVE MAIS RESPOSTA NENHUMA.
Passaram- se cerca de nove meses, sempre que ligo pra lá falo com Dep. Juridico e dizem me que o caso está na Comissão de Inscrição e que não irá demorar mais tempo, mas ate hj nada!!!
Lamentável a atitude dos drs. da CTOC, que se preocupam mais com inaugurações e fundos de pensões do que com gente nova que pretende iniciar a sua vida profissional, se eu estivesse á espera deles vem estava tramado.
È ESTE O PAIS QUE TEMOS COM ESTES DRS de chaça que por ai andam,que atropelaram tudo e todos para chegar a presidentes instituições públicas.»

Nota de Um toc no blog: este senhor pode até ter alguma razão... mas não escreve nada bem e anda um bocado confuso com as datas que mencionou no seu texto... talvez os eventuais erros processuais da CTOC sejam providenciais para evitar que este senhor venha a ser TOC. Pelo que leio do que ele escreve (mal), não me parece que mereça. Mas continue a tentar.

70 comentários:

Anónimo disse...

Caro amigo, como compreendo as suas lamentações, eu também estou a tentar passar esta cruzada que é inscreverme como CTOC, felizmente não tive problemas com a questão do estágio, uma vez que na minha escola existe a cadeira de simulação empresarial que substitui o estágio, mas no que se refere aos exames dqa CTOC, só tenho a dizer que são uma grande vergonha, passo a explicar:
- perguntas sem resposta.
- pergunatas com duas respostas correctas
- perguntas com elevados graus de dificuldade e complexidade, com falat de informação revelante para a resolução dos problemas, etc...

e mesmo no que refere ao exame, não é divulgada a nota, apenas diz se a pessoa passou ou chumbou, e se quiser ver o teste têm de pagar 200€, depois de já ter pago 300€ para fazer o exame.

Bruno.

Anónimo disse...

Fui mais uma vítima da CTOC. Depois de tirar a Licenciatura, dirigi-me à CTOC para saber as cadeiras que me faltavam fazer para ser TOC. Informaram-me que bastavam apenas 3 cadeiras extra-curriculares< e o exame do código deontológico. Fiz as 3 cadeiras e, no momento em que me fui inscrever para o exame do código deontológico, disseram-me que não eram 3 mas 4 cadeiras! Fui mal informada por ums sr. de cabelo "espetado" de discurso confuso e agora sofro as consequências...
É impossível inscrever-me com tanta burocracia, com exames feitos pela CTOC onde quase ninguem consegue passar!
Ao menos que tenham funcionários que informem melhor...já que as regras só são alteradas para pior.

Patrícia.

Anónimo disse...

Acho que isso de comentar os erros do Senhor é de lamentar.

Anónimo disse...

Já é oficial.
Dia 7, os resultados serão disponibilizados no site da CTOC.
Boa sorte para todos os que foram fazer exame.

Lumberjack disse...

Oficial???

Como conseguiu essa informação???

Anónimo disse...

Essa informação está no site da CTOC

Lumberjack disse...

Obrigado!

Boa sorte!!

Anónimo disse...

Pois hoje conforme anunciado sairam os tão esperados resultados do exame de dezembro, e como parece ser habito na casa alguma coisa correu mal.... ás 9h30m do dia 7, ligaram-me 4 colegas super contentes pois tinham visto que tinham sido aprovados. Mas o insólito aconteceu: ÁS 10h40m ao ligar para a ctoc informaram-me que aqueles resultados não eram correctos, pois eram apenas um TESTE INFORMATICO! Disseram-me que os resultados definitivos estariam disponiveis ás 10h44m ( que precisão). Á hora marcada os resultados lá estavam, e cumulo dos cumulos, as minhas colegas afinal tinham reprovado. Para a camara terá com certeza sido um contratempozinho sem importancia, para quem aguarda á quase 2 meses foi uma grande frustaçao.

Anónimo disse...

caros futuros colegas,
eu tb nao ando de aguas mt bem cruzadas com a ctoc.. estou sem emprego e enviei um mail a direcçao e serviço financeiro para tentar suspender o pagamento das quotas nesta fase mt dificil em termos economicos da minha vida... o tempo medio de resposta ao meu pedido e de 20 dias... contudo so tenho 15 dias para regularizar a minha situaçao.. imaginem!!!!


e disto q vive o nosso pais...

tenham calma e boa sorte para os resultados do exame de admissao...

ate breve colegas

laura

Anónimo disse...

Estou no 2 ano de contabilidade, e tive a maravilhosa noticia que os cursos que aderiram a bolonha nao sao podem fazer exame pelo menos esse ano, eu ainda tenho alguma esperança que isso se resolva, mas e os varios colegas que acabaram agora o curso e que nao podem fazer exames? vao esperar um ano ou mais? a um ano as escolas foram "obrigadas" a aderir ao bolonha, e em um ano a ctoc nao teve tempo de avaliar se os cursos estao aptos ou nao para concorrer ao exame de admissao.

Anónimo disse...

Se o facto de alguem se encontrar desempregado ou a atravessar uma fase economicamente dificil, fosse razão para não pagar as quotas, ía bem mal o nosso país, experimente essa teoria com as águas, o telefone, a luz, o gás, o telemóvel, a internet, a TV cabo...etc..... e vai ver como "elas mordem".........SE QUER SER TOC PAGUE AS QUOTAS

Anónimo disse...

em relação aos exames, so tem medo deles quem nao sabe, porque de resto ninguem se "atrapalha" por ter de ir fazer um exame... so tenho pena de haver alturas em que não era preciso fazer exame para se ser TOC (e não CTOC, como dizem alguns)... pois foi nessa altura que a profissão perdeu valor, com a entrada de todos e mais alguns...

Anónimo disse...

Será que o motivo do atrazo e da falta de respeito não é a fartura?

Anónimo disse...

O Domingos Azevedo e aquela pulharia toda que anda a viver à custa dos TOC é que deviam fazer um exame... Se calhar chumbavam todos. Os TOC deviam unir-se e acabar com aquela cambada toda.Deveria ser como antigamnete, depender-se da DGCI.Essa gente só está a enriquecer à custa do nosso trabalho... não precisamos de Câmara para nada.

Anónimo disse...

Caros colegas, não sei porque se atropelam uns aos outros para serem TOC, já se indagaram das saidas profissionais actuais dos toc ? 600 € ou 700 € por mês eu como escriturário ganhava 800 €. Agora depois de ser toc mudei de profissão, pois comecei a ganhar 900 € como toc e não compensa a responsabilidade assumida. Preferia ser escriturário e sair Às 18:00. Enfim é o país que temos agraço a todos.

Anónimo disse...

Boa tarde amigos. Estive a ler praticamente todos os comentários e tambem vou dar o meu acerca da CTOC. Estou a terminar o curso de OGE na universidade. O curso já pertence ao plano de bolonha e falta-me apenas as cadeiras de matemática, estatística e matemática financeira. A nivel profissional, trabalho num gabinete de contabilidade à 8 anos juntamente com dois TOC. Gosto muito dos meus patrões já que deste o início faço de tudo, o que me deu uma grande experiência. Neste preciso momento estou mais que apto para ser TOC, mas, como não acabei a licenciatura, não me posso inscrever na CTOC. Nem mesmo sendo Técnico-Profissional de Nivel III me dá esse direito, sendo que as cadeiras deste curso são identicas às que tenho na universidade. Já entrei em contacto com a CTOC para saber se poderia realizar os exames que eles exigem, mas, mesmo assim, a resposta é que tenho que concluir a Licenciatura. E só neste aspecto que não concordo com a CTOC. Porque será que qualquer pessoa que acha que esteja apta a faze-lo não pode realizar os exames. Qualquer um devia poder realiza-los. Nunca fui de acordo a entradas directas, mas sou a favor da não proibição de realizar exames.

Anónimo disse...

Estou plenamente de acordo com este último comentário, pois não é por se ser licenciado, que temos mais capacidade para ir fazer um exame na ctoc, pois não é o caso de todos mas muitos que terminam a licenciatura não percebem nada de nada, é só teoria, agora vamos a pratica, sei do que falo pois trabalho com uma toc, que nem uma simples rectificação do iva sabe fazer, tem que vir perguntar aquela que nem na universidade teve oportunidade de ir, comecei logo a trabalhar no gabinete de contabilidade assim que terminei o secundário, é triste mas é a realidade ela ganha como toc, e eu não passo da "sepa torta"

Anónimo disse...

Concordo plenamente com tudo que dizem contra a Ctoc.
Agora inventaram as formações obrigatórias os créditos, mais uma forma de roubarem dinheiro aos pobres desgraçados dos licenciados deste pais. Temos empregos precários, ganhamos mal.
Concordo com a formação mas não nestes moldes, da forma que me impingem a formação na câmara.
Eu deveria ter o direito de escolher onde quero fazer formações assim como tenho o direito de escolher a faculdade que optei estudar.
Quem é que estes senhores são para me obrigarem.

Anónimo disse...

O objectivo das formações não é roubar dinheiro a licenciados mas sim "ensinar" as pessoas inscritas na CTOC que não têm curso nenhum (nem conhecimentos de contabilidade). Sou auditora financeira numa SROC (e tb sou TOC) e é vergonhoso ver colegas a subscreverem balanços com activos líquidos negativos, não saberem fazer uma reconciliação bancária etc etc.
O que a CTOC deveria fazer era atribuir créditos instantâneos a quem possui bacharelatos ou licenciaturas e obrigar os outros TOCs (esses sim) a fazer formação intensiva :-)

Anónimo disse...

Pois é, li alguns dos comentários e cada vez mais concluo que a CTOC devia pura e simplesmemte ser extinguida. Nasceu em 1999, depois de em 1995 ter nascido a Associação dos TOC's, precisamente o ano em que termino o meu curso de Ecomonia. Sem saber o que me reservava o mundo profissional, decidi inscrever-me em 1997. Mas depois, a minha vida conduziu-me ao exercício de outras funções, mais na área de gestão de projectos, não tendo eu qualquer necessidade de usar o título de TOC. Pois, com essa constatação, decidi suspender a inscrição, em Fevereiro de 1999, sendo regida ainda pelos estatutos da Associação e não pelos estatutos da CTOC. Pois estes senhores, decidiram alterar os estatutos, facto que é posterior à minha suspensão e têm até hoje, sido uma verdadeira associação pesadelo para mim. Insistem que sou obrigada a pagar quotas, instauraram-me um processo disciplinar e fizeram-me recentemente, mediante o uso de um solicitador, uma visita surpresa, a casa dos meus pais, destinados à concretização de uma penhora. Fui obrigada a pagar uma multa de mais de 1.300,00, porque o solicitador usou mecanismos de ameaça, nomeadamente junto dos meus pais, querendo penhoarar a casa e dizendo que se eu não pagasse nesse dia, iam imediatamente ao meu emprego, penhorar o vencimento. Tenho 35 anos de vida, mais do que os 8 anos de existência da CTOC e nunca vi nada igual. Sinto-me indignada, humilhada e roubada, porque nunca usufrui de nenhum serviço deles e usam de prepotência para decidirem de forma unilateral tudo o que lhes convém. As pessoas são idóneas e responsáveis. Claro que não têm que estar unicamente sujeitas às avaliações de uma associação, que em vez de ser composta por contabilistas, mais parece ser constituida por advogados. Isto não pode continuar. Eu estou determinada a ir até onde for preciso, para auxiliar na defesa dos principios de ética, de moralidade e profissionalismo que devem estar subjacentes à existência de uma associação. Devem existir para auxiliar e não para complicar.

junia disse...

Caros Colegas de profissão, depois de ler todos os lamentaveis comentários fiquei mais entusiasmada e orgulhosa de me formar para ser contabilista, acho bem as actitudes da Ctoc,acho que a Ctoc está de parabens.
Alguem já imaginou se qualquer pessoa sem conhecimento algum, pudesse ser um toc?
Se apenas responder meia duzia de perguntas e ser um toc?
Isso seria uma desgraça total para a profissão, isso seria o fim, as contas estariam todas mal feitas, e a profissão dos Tecnicos oficiais de Contas seria como ser professor nos dias de hoje, niguem respeitava.
Parabens CTOC

Anónimo disse...

Bom dia a todos,
Decidi dizer algo neste Blog não oficial da CTOC, pois penso k deveria ser mesmo oficial…

Tenho a lamentar os exames que implementaram para restringir o acesso a profissão de TOC. Penso que são de um grau de dificuldade estrema, de extrema complexidade, algo nunca visto, pois muitos dos que lá dentro estão nem para o de ética se iriam safar, quanto mais para a segunda parte do exame.

Se fosse o exame de ética como era algum tempo atrás, esse sim, tem lógica. Porque nem todos os cursos, tem essa cadeira de ética e deontologia.

Sou apologista de permanecer o exame de ética, mas não a segunda parte do exame.

A segunda parte, é colocar as próprias Instituições de Ensino Superior e os próprios docentes dessas cadeiras, CONTABILIDADE, FISCALIDADE, CONTABILIDADE ANILITICA E FINACEIRA a qual a câmara reconhece um determinado curso em descrédito, porque os alunos tem aproveitamento nessas cadeiras, como é possível após 5 anos de faculdade, termos de prestar provas novamente dessas mesmas cadeiras, acho isso um absurdo, colocando mais um vez me torno a repetir em DESCREDITO todo o trabalho realizado nessas cadeiras e o próprio curso em si.

Penso que é incorrecto o que estão a fazer, porque para uns em tempos foi entrada directa, com 12 ano já se era TOC, depois com a licenciatura também o era, mais tarde era com o exame de ética, e penso k assim deveria continuar…
Bem gostava que alguns elementos da CTOC lessem este meu descontentamento, pois também será de muitos futuros colegas não tenho duvidas…

Espero que coloquem a mão na consciência, e não façam aos outros aquilo que não gostariam que vos fosse feito….

Com os melhores cumprimentos

André

Anónimo disse...

Diz uma uma auditora financeira numa SROC, que também é Toc:

O que a CTOC deveria fazer era atribuir créditos instantâneos a quem possui bacharelatos ou licenciaturas e obrigar os outros TOCs (esses sim) a fazer formação intensiva :-)

Digo-lhe eu cara auditora, que sou TOC há 20 anos e não tenho nem bacharelaro nem lincenciatura:

Os maiores analfabetos que já vi nesta profissão, eram precisamente bacharéis e licenciados, e que esses são os que hoje mais precisam de formação e prática super-vigiada no exercício da profissão.

Toc não licenciado

Anónimo disse...

Caros Colegas
Felizmente que existe a CTOC, pois pelo que li,acho que há candidatos a TOC que antes de mais deveriam fazer uma reciclagem, ou se calhar uma aprendizagem de "português". É lamentável que as actuais escolas deixem sair para a vida profissional, quem no mínimo não domine a sua lingua.É preciso dignificar a profissão.

Anónimo disse...

Caros colegas,

Entendo a frustração de muitos que dizem que não devia haver exame de acesso a CTOS! Porque tiraram cursos básicos, sem conteúdo e quando se vêm perante um exame que não é nada mais do que avaliar os conhecimentos adquiridos ao longo do percurso académico, repito académico! Sou bacharel em contabilidade pelo ISCAP, fiz o exame de acesso à CTOC e posso-vos garantir que para concluir o curso tive cadeiras nas áreas que somos avaliados no exame bem mais difíceis que o de acesso à CTOC, por isso futuros TOCs, estudem enquanto andam na faculdade e aproveitem as oportunidades que têm porque caso tenham a infelicidade de não entrar no 1º exame, à segunda hão-de conseguir.
Um bem haja à selecção para entrada na CTOC senão continuaria a ser uma classe mediocre de simples guarda-livros...

Anónimo disse...

POR MUITO DESCONTENTAMENTO QUE EXISTA DOS FUTUROS TOCS, O MESMO NÃO TEM FUNDAMENTO, PORQUE A VERDADE É QUE MESMO COM OS CURSOS E EXAMES, NÃO CHEGA PARA SE SER TOC, SÓ ATRAVÉS DA PRÁTICA É QUE É POSSIVEL, APRENDEREM A TRABALHAR.
E COM QUEM É QUE APRENDEM ESSA PRÁTICA? COM OS MAIS VELHOS, NÃO É VARDADE? PORQUÊ TANTA LAMENTAÇÃO!

QUALQUER LICENCIADO, QUE ENTRE NO MERCADO DE TRABALHO, NÃO É CAPAZ DE CONCLUIR UM EXERCÍCIO CONTABILISTICO SEM A AJUDA DE ALGUÉM, COLEGA OU NÃO! SABEM PORQUÊ PORQUE, FALTA-LHES A PRÁTICA NO TRABALHO, OU SEJA MUITA TEORIA, E DA TEORIA À PRÁTICA VAI UM PASSO MUITO GRANDE.....

CORDIAIS CUMPRIMENTOS A TODOS OS FUTUROS TOCS E MUITA PACIÊNCIA A QUEM OS ENSINA DIÁRIAMENTE.

Anónimo disse...

Sou um recém-licenciado e concordo plenamente com o colega que na prática os recém-licenciados precisam de ajuda dos mais velhos, já traquejados.
Não deixa de ser verdade também que na faculdade não se aprende a fazer as coisas mecanicamente como muitos desses TOCs da era antiga. Há um desenvolvimento de raciocínio e uma capacidade analítica de diversos indicadores nomeadamente de gestão pois ser TOC não se pode resumir ao bem-fazer da contabilidade e das obrigações fiscais. Acho que é uma classe muito mal paga mas que felizmente começa a ter maior dignidade dado que um TOC moderno tem que ser capaz de gerir financeiramente uma empresa e não somente apresentar as peças financeiras!
Ainda bem que os padrões de exigência aumentam para dignificar a classe. Digo mais: já é altura de ser criada uma Ordem dos Contabilistas!

Anónimo disse...

Pois é... Se já estava com vontade de cancelar a minha inscrição, agora fiquei com toda a certeza!!! É lamentável que uma instituição se comporte da forma como a CTOC! Para além dos Bancos, deve ser a instituição mais burocrática, retrogada e estática que existe!!!
Estou há quatro meses à espera que me respondam se vou ser aceite para estágio, para posteriormente me candidatar a um exame, e meus srs, sou licenciada em Economia. Mas pelos vistos, isso não chega para me propor a um estágio (entenda-se: estou a candidatar-me a aprender, a ganhar formação). Não deveria a instituição ficar lisongiada??? NAO!!! Estão a ver se desisto, e entretanto já estão 100 Eur do lado de lá. Sabem quantas cartas já recebi a pedir documentos? Na ultima, até tiveram o desplante de pedir o comprovativo de aprovação a contabilidade na Universidade, nota que vai explicita no Certificado. Como pode a CTOC pedir tanto rigor, quando nem um Certificado Universitário sabem ler??? Haja paciência para tanta incompeteência!!!

Anónimo disse...

Caros colegas bloguistas,
Li todos os encartes e fiquei com muitas dúvidas : há quem queira por força ser TOC; há quem diga mal da Câmara; há quem diga mal do colega do lado, ora porque não sabe escrever português, ora porque não sabe fazer contabilidade. Talvez fosse melhor irem todos cavar terra para batatas. Quem não estiver bem que se mude, vão para o Alentejo semear. Aqui, poucos são aqueles que sabem ser e estar na profissão. Chamam TOC a quem quer fazer contabilidades a preços de saldo ? a quem não sabe sequer escrever a sua língua-materna sem erros? que vos ensinam na escola ? a ser homens, profissionais, ou a ser um qualquer que pega em papel ? também os pobres que buscam nos contentores do lixo pegam em papel, e até têm cartão, não o cartão de TOC mas o cartão do lixo que lhes vale algum dinheiro para sobreviverem. Mas muitos daqueles que estão nesta profissão não são dignos de lá estar, ISSO É UMA VERDADE ! próximo de mim há um cartaz enorme colocado numa rotunda que diz : contabilidade organizada a partir de dez euros por mês !!! pobres pedintes, sem vergonha mendigam. Esses deveriam pura e simplesmente ser erradiados como os jogadores. Cartão VERMELHO e rua... depois queixam-se que não podem pagar quotas, que as acções de formação da Câmara são uma especulação. E chamam saber gerir uma empresa, aqueles que levam tal preço por um trabalho que quase já nem com os preços de outrora que a nossa Câmara preconizava compensa ? A que preço cada TOC deixa o seu gabinete para ir defender o seu cliente, ou o seu ponto de vista, quando interpelado pelas Finanças ? Acho que uma grande parte dos profissionais devem ser muito ricos para esbanjarem dinheiro desta forma. E quando nos fizerem pagar em substituição do nosso cliente caloteiro ? a dez euros por mês ? não há lamentações nem acusações, nada nada mais que valha a união de uma classe, mas ainda há muito cidadão empenhado em desmembrá-la...

TOC disse...

Caros colegas

Sou licenciada em gestão financeira pelo ISCAP e tenho uma empresa de consultoria de gestão/contabilidade, tenho 33 anos.
Li todos os comentários deixados pelos colegas. De facto as opiniões são muito divergentes, uns porque não conseguem ter acesso à profissão, outros porque consideram que a Formação é inútil, outros porque acham que não deveriam simplesmente pagar quotas, outros ainda criticam a actual geração de T.O.C./Contabilistas (Bachareis e licenciados).
Durante alguns anos trabalhei como TOC num gabinete de contabilidade. Trabalhei com um senhor a quem chamavam de "guarda-livros", de facto os conhecimentos dele apenas dariam para guardar os livros. Para ele a formação para nada servia.
Caros colegas, um bem haja à CTOC pela imposição da Formação, pela implementação de uma nova realidade:a nova geração dos TOC´s. Concordo plenamente com a colega auditora da SROC. Existem "colegas" que não dignificam em nada a n/profissão. Nunca se preocuparam em adquirir conhecimentos e competências, no entanto são "esses" que estão à frente de grandes gabinetes de contabilidade, "trabalham ao peso", é o caso do meu ex chefe. Tinha cerca de 300 clientes. Não sabia sequer o que era uma conciliação bancária, ou o que siginificava um rácio. De certo não é este o futuro que queremos para a nossa profissão.
Bom trabalho.

Anónimo disse...

Olhem caros colegas, tenho um gabinete desde 2001 e estou arrependido por ter escolhido esta profissão !
Não recebo dos clientes, sou obrigado a trabalhar sem receber e se não passar facturas a quem não paga entra aqui a senhora das finanças e faz-me pagar por isso!
Andam a enganar os mais novos!
Isto está um caos!
Somos tratados quase como crimosos!
Não se admite, estou muito triste!
Investi tudo nesta profissão e não vejo retorno! Deve ser por não ter nenhum familiar nas finanças esses sim não têm problemas.

Anónimo disse...

Bem
De facto seria irreal pensar que, neste país á beira mar plantado,seria na CTOC que tudo funcionaria bem.
Claro que não é!
Todas as opiniões aqui expressas têm a sua razão de ser.
É também um facto que,lamentávelmente o português aqui escrito revela a "má escola que temos".
No entanto não se perde a razão por dar erros de português!
Como em todas as profissões a formação é essencial!
Direi mais, é minha humilde opinião que,no caso dos TOC, é mais importante a formação sobre fiscalidade do que sobre contabilidade!
Mas.. e há sempre um ma...
Cara colega do comentário colocado em 30de Maio de 2008 falemos de formação, não de "esquemas" que permitem a uns quantos funcionarios da DGCI, e não só, auferirem uns bons milhares de €uros anuais "á pala" dos Toc.
Sou um dos "forçados" a fazer simulacros de formação, como são, por exemplo, as reuniões abertas, para ir conseguindo uns créditozinhos!
Sou um dos que "aguentam" a sessão completa e não daqueles que "picam o ponto e vão embora".
FORMAÇÃO A SÉRIO SIM!!!
TACHOS NÃOOOOO!
Uma atitude de maior apoio aos jovens em inicio de carreira é uma obrigação de quem já está instalado na vida, sendo certo que, quanto maior é a forta mais dificuldades se encontram.
Sobre as questões da vida interna da Câmara creio que uma maior participação nas Assembleias Gerais seria proveitoso para todos.

Um bem hajam e boas contas.
Um de vós

Anónimo disse...

correcção ao comentário anterior.

"quanto maior é a oferta mais dificuldades se encontram"

um de vós

Luisa F. disse...

O MAL DA CTOC É TER O PRESIDENTE QUE TEM. OUTRO SEM FORMAÇÃO ACADÉMICA ALGUMA A QUERER EXIGIR Q OS OUTROS TENHAM. O MAL É QUEREREM DAR FORMAÇÃO Q NEM POR SOMBRA SE PODE CHAMAR FORMAÇÃO. É ASSIM Q SE QUER FORMAR OS TOCS? COM OS ERROS CONSTANTES Q OUVIMOS QDO TELEFONAMOS A COLOCAR UMA QUALQUER QUESTÃO DE CONTABILIDADE. ESTAVAMOS MELHOR QDO NÃO HAVIA CTOC. AGORA, TRABALHAMOS MAL A PENSAR Q FAZEMOS UMA GRANDE COISA, COM A AJUDA DESSES SRS DRS. O MAL É Ñ RECONHECERMOS Q NADA SABEMOS. QDO NÃO SEI QUALQUER COISA, RECONHEÇO-O, MAS COMO SIMPLES TOC Q SOU, CONSULTO OS MANUAIS, SEM QUALQUER VERGONHA E PROCURO OS GRANDES SRS DA CONTABILIDADE QUE AINDA TEMOS, COMO É O CASO DO DR ALVES DA SILVA OU O NOSSO COLEGA JOÃO COLAÇO Q MERECEM OS MELHORES LOUVORES E ESSES SIM DIGNIFICAM A CONTABILIDADE, Q ESTÁ DE RASTOS E TEM OS DIAS CONTADOS, COM UMA CTOC COMO ESTA. ESQUEÇAM OS ERROS ORTOGRÁFICOS DE QUEM AQUI ESCREVE E PENSEM COMO GENTE NOS ERROS CONTABILISTICOS QUE SE COMETEM POR QUEM NOS QUER ENSINAR ALGUMA COISA E NÃO SABE NADA, COMO É O CASO DA CTOC

Anónimo disse...

É inadmissível que o meu curso de Contabilidade, não me dê acesso directo a TOC, só porque não andei numa certa escola!!!
O meu curso é de Contabilidade, caso a CTOC não se dê conta, 70% das disciplinas são, adivinhem, CONTABILIDADE!!!
É injusto quando sei de (supostos) TOC'S, licenciados em GESTÂO, com 2 cadeiras de contabilidade são automaticamente TOC'S!!! Mas pronto como pagam as suas quotas, podem colocar as suas vinhetas onde bem entendem, mesmo não sabendo o que é o débito e o crédito.
Também não acho normal, que os legisladores(se assim posso chamar) que fizeram as novas regras de acesso à CTOC, sejam TOC'S há já alguns anos (penso eu) e muitos têm a 4ª classe. ah! E claro, já estão a pensar exigir MESTRADO!!
Se eu fosse rica e tivesse dinheiro para pagar o exame, em vez de ter terminado o curso há um ano e ser recepcionista de uma imoboliária, quando já tenho mais de 3 anos de experiência em contabilidade, não me preocupava muito com estas cenas.
Mas é muito frustrante como temos que passar por estas coisas e se for preciso não temos qualquer crédito dos clientes, que nos tratam como se fossemos bichos!!
Eu se tivesse sido esperta, tinha arranjado um marido rico e não me tinha chateado com um objectivo de vida, que cada vez está mais difícil de alcançar.

Anónimo disse...

Sou TOC em exercício, com as quotas em dia, mas concordo com muitas das críticas que aqui são feitas.
Deve haver controlo de qualidade para acesso à profissão mas não deve complicar-se o acesso aos exames e as respostas devem ser feitas nos prazos, ou não é isso que a CTOC exige com as quotas???
Penso que se tratam de senhores e senhoras muito bem 'abotoados' e encostados à grandeza social do lugar que ocupam! Trabalho feito em favor de quem lhes paga, honestamente não vejo...
Dou um exemplo ridículo que quem é TOC já se apercebeu!
Sabiam que nas repartições de Finanças os solicitadores e advogados são equiparados a grávidas e deficientes tendo prioridade no atendimento? Ou seja, os TOC's são responsabilizados mas quem tem prioridade são os outros??? O que fez a Câmara para combater isto?
A Câmara começou creio que em 1997 e vejam as contas...
É só opulência, jantares, recepções e outras 'fachadas' que alguns parecem querer usar como trampolim...
Andam de braço dado com quem nos inferniza a vida diariamente, mais preocupados em ficar bem na fotografia do que em resolver os problemas inerentes à profissão.
Aproveito pra sugerir a limitação dos mandatos! Há senhores aí que só não parecem parte da mobília porque esta é renovada com frequência...

Anónimo disse...

Concordo a 200% com o texto abaixo indicado.


"O Domingos Azevedo e aquela pulharia toda que anda a viver à custa dos TOC é que deviam fazer um exame... Se calhar chumbavam todos. Os TOC deviam unir-se e acabar com aquela cambada toda.Deveria ser como antigamnete, depender-se da DGCI.Essa gente só está a enriquecer à custa do nosso trabalho... não precisamos de Câmara para nada."

Anónimo disse...

Sabem o que é mais ridiculo ainda? recebi o recibo da multa resultante do processo disciplinar (sim, vejo vários comentários sobre o facto de haver pessoas que não querem pagar as quotas. Não foi esse o meu caso, se eu exercesse a profissão, não me importaria de pagar, mas suspendi e nunca exerci, devolvi o meu cartão e nunca requisitei vinhetas, nem requeri nenhum serviço à CTOC. Tenho que pagar o quê? A sustentabilidade de luxos? De pessoas sem ética? Se calhar todos os cidadãos deveriam pagar uma taxa mensal só porque fazem parte do registo civil, ao possuirem BI, desculpem, mas sou mesmo contra sustentar sanguessugas!). Sabem que no recibo está expresso "valor não sujeito a IVA". Mas a CTOC é alguma instituição de solidariedade social para não pagar IVA. Nós não pagamos em tudo o que compramos? Que raio de justiça é esta? Roubam-me dinheiro e ainda por cima, representantes dos TOC's e da fiscalidade nacional, estão isentos de IVA.

Anónimo disse...

Conhecem as estatísticas oficiais da activiadade da CTOC? Sairam numa revista da Câmara, em 2007:
6.810 Participações das quais 6.235 são de quotas em atraso.
5.761 Processos disciplinares.
Expediu 8.770 ofícios e inquiriu 36 testemunhas. Realizou 1.514 julgamentos.
6.861 Processos, 421 acções executivas.
Mas afinal a CTOC é uma câmara de apoio aos contabilistas ou um tribunal?
795 Processos de admissão, 1.223 de cancelamento.
1.562 fizeram exame. Mas a taxa de aprovação ronda os 39,79% (vem provar as verdades que são ditas sobre a autoridade prepotente e o atestado de incompetência passado às faculdades)...enfim, se fazem isto é porque os deixam e porque andam todos cegos.
Há vários comentários a favor. Ou são mandatados pela própria CTOC ou também comem do bolo....haja bom senso, honestidade e utilidade pública.

Anónimo disse...

Sou Toc e com muito orgulho.
Para todos aqueles que criticam a CTOC.
Porque querem entrar?
Não se querem sujeitar as regras abandonem a CTOC.
Eu li todos os comentários e penso o seguinte:
Que alguns comentários são pura e simplesmente uma falta ao respeito as pessoas e não as políticas da CTOC.
São críticas destrutivas e não construtivas. O que eticamente e moralmente é reprovável tanto para futuro TOC’s como para os que já exercem a profissão.
Quem não se quer sujeitar as regras, nunca devem concorrer a CTOC ou devem abandona-la.
Não existem profissionais, (quer pelos seus cursos, quer pela carreira profissional), superiores aos outros.
Os autores de alguns dos comentários que li deveriam abandonar a profissão, porque são ou vão ser péssimos profissionais.
Devem ver os bons exemplos das outras ordens profissionais.
Obrigado, a todos que defendem a profissão

Anónimo disse...

Ao consultar esta pagina, não deixei de exprimir a minha opinião, vejo muita gente revoltada com os exames de acesso á camara, mas devido realidade actual,eu sou totalmente a favor dos exames, porque testam verdadeiramente os conhecimentos adquiridos na escola.
Sabemos que as escolas não nos preparam verdadeiramente, para o mundo profissional,e então a preparação para o exame da CTOC obriga nos a estudar matérias,esenciais para para a pratica da profissão.
O TOC hoje em dia,já não é o mesmo de há 30 anos, em que só debitava e creditava documentos,hoje em dia tem de ser um profissional á altura dos desafios colocados, pelo mercado.
UM apelo á CTOC: de um vez por todas credibilizemos a profissão,não deixando aceder á camara,advogados,economistas,gestores, porque nós também não podemos aceder á ordem deles, nem queremos.
O que é que esses tipos sabem de contabilidade!!
Agora tambem vou me armar em advogado, em economista ou em gestor!!
Obrigado.

Anónimo disse...

Digamos que é na verdadeira essência do ser que se distingue um economista de um contabilista. O primeiro, fruto da sua formação abrangente tem abertura de espítito e sabe que a questão apresentada pelo comentador anterior não se deve colocar. Há naturalmente espaço para todos. É da união de saberes e da partilha de conhecimentos que surgem as melhores práticas. Não é da luta de classes, das quintas e dos quintais. É preciso ser-se criativo. É claro que outra formação qualquer, que não seja economia, gestão ou contabilidade, possa exigir maior preparação ou prática para que possam exercer a função, mas não vejo nenhum obstáculo objectivo a que isso aconteça, pois há muitos factores que contribuem para a formação: prática profissional, cursos intensivos,...é mais do que vulgar assistirmos a exercícios de funcões diferentes da formação académica: médicos na política, engenheiros como gestores....e os economistas têm muitas cadeiras de contabilidade. No meu tempo formava-se um contabilista com 3 anos e um economista com 5...para mim mais anos = mais saber.

Susana disse...

Boa Tarde colegas, também passo por essa fase dificil de realizar exames para ser Toc.
Apesar de achar o exame bastante complicado, concordo plenamente com ele...basta de pessoas sem quaisquer qualificações e outras que apesar de licenciadas não terem o minimo perfil para serem Toc´s.
Quanto ao facto de acharem que a remuneração de ser ^Toc não é compensatóris, têm uma solução muito simples, NÃO SE INSCREVAM....os restantes toc´s agradecem :D

Anónimo disse...

caros colegas, após ler os vossos comentários nos quais apenas se referiam `a CTOC, fiquei com a necessidade de expor-vos a minha ideia.
Apesar de ser contra os ditos exames, devido à forma como são elaborados, tenho de em parte concordar com eles. E porquê? Porque infelizmente o nosso ensino permite a entrada de todos os alunos nos cursos de contabilidade, bastando para isso as ditas notas minimas. Falo por experiencia própria, cheguei a ter colegas da area de ciencias no curso de contabilidade, ja estao a imaginar a dificuldade que esta gente teve.
Mas enfim esta é só a ponta do iceberg.

Anónimo disse...

eu acho que a CTOC tem feito um optimo trabalho. Penso que isso se deve em grande parte à determinação do presidente. Dou mt valor as ferramentas que estão ao nosso dispor ( sitoc, formação, reuniões das quartas feiras ) . Vou as formações não por ser obrigada por causa dos créditos mas pq quero estar actualizada. Concordo em absoluto com a obrigatoriadade de formação, infelizmente há pessoas que se julgam superiores e donos de toda a sabedoria...
É inacreditavel ler que a CTOC devia acabar... só pq tem regras e obrigações.
E não acho quo o dinheiro das quotas tenha sido mal gasto... pois a CTOC tem tem delegações por todo o pais quase todas sua propriedade.

Anónimo disse...

Só para responder ao comentário de um colega que se referiu aos alunos vindos de ciências...Eu venho de ciências, fiz o curso de contabilidade no ISCAP sem reprovar um unico ano, algo raro naquela instituição. Fui realizar o exame à CTOC e também o fiz à primeira....
Não relaciones a area escolhida no secundário com a da faculdade :D

Anónimo disse...

CAROS COLEGAS
LASTIMO AS VOSSAS QUEIXAS, MAS CONCORDO COM A MAIORIA DELAS, ENTENDO QUE DE FACTO A ESTRUTURA DA CTOC ENQUISTOU,ESTÁ HABITUADA ÀS MORDOMIAS E CADA VEZ MAIS INEFICIENTE.SOU ECONOMISTA, GOSTO DE CONTABILIDADE MAS ENTENDO QUE A DIGNIDADE DA PROFISSÃO NÃO É DEVIDAMENTE DEFENDIDA PELA CTOC. NÃO BASTA DAR FORMAÇÃO.DEVEM CRIAR REGRAS PARA OS CLIENTES,PORQUE TRABALHAR SEM RECEBER NEM EM AFRICA, QUE ACABA POR SER UM EXEMPLO. JÁ REPARARAM QUE OS ARTIGOS SÃO SEMPRE DOS MESMOS ,NA REVISTA. SÃO MESMO INTELIGENTES.
BOA SORTE

Anónimo disse...

Boa Noite... Gostaria de saber como ser toc, estou a tirar um curso técnico de contabilidade equivalente ao 12º. obrigada

Anónimo disse...

Ai meus amores!!!! Está visto que este blog é para os mal amados, para os que não tem que fazer, e como dizia a minha avózinha " só fala quem tem que se lhe diga".
Vão trabalhar, pq nada cai do céu.

Anónimo disse...

Pois é colega do dia 11/09/08 ás 1:01PM
1º Gostaria de ver ou de saber quais são as mordomias que eles têm, será que mordomia é dar aos seus membros o melhor possível? Terem representações em quase todo o país? Será que é por ter Apoio Jurídico em algumas delas? Será por ter as Reuniões Livres? Agora essa coisa de dignidade, qual dignidade? As que certos colegas tem no dia a dia? Mas que culpa tem a CTOC? Se ela (CTOC) faz é porque faz se ela não faz é porque não faz. Quanto a “Formação” pois formação já a CTOC tem a mts anos não foi só agora desde 2006. E as regras? Se os clientes que não comprem, pois muito bem é fazer queixa a CTOC, e quando são os TOC`s a não cumprir? Claro que tb tem que ter queixas na CTOC.

Anónimo disse...

respondendo á pessoa que quer ser toc, podes ser, se tirares um curso de direito, economia, gestão e ouvi dizer que tambem de contabilidade.

Anónimo disse...

Depois de ler estes comentário quiz relembrar que para ser TOC é preciso certos requesitos que com esforço e dedicação não será nada de transcendente.
Após esse esforço vão chegar a conclusão que em Portugal o bom é ser médico ser TOC é banalissimo.
Ser médico é bom devido á ordem que possuem que não deixa abrir vagas nas universidades assim fosse a CTOC.

Anónimo disse...

É lamentàvel quase tudo o que acabo
de ler.
Concluo que a CTOC está no bom caminho ao não permitir a inscrição de pessoas que revelam a formação que resulta dos seus comentários. Vergonhoso!
Já ultrapassei os créditos necessários para o biénio 2008/2009,porque senti necessidade de me actualizar, e não por eles, em si.Mesmo que não fossem obrigatórios teria feito o mesmo. De resto, nem sequer solicitei que me fossem considerados alguns a que tinha direito, momeadamente, à m/ recente obtenção do grau de master em Gestão.
Trabalho n área de contabilidade há
mais de 35 anos. Há muito que lá vai o saudoso Curso Geral do Comércio, o Iscal, a licenciatura em Contabilidade...
Nunca deixei de estudar e de me tentar actualizar.
E para o senhor que fala em "quarentões" e "cinquentões" depreciativamrnte, aqui fica um pequeno contributo de um "sessentão".

Anónimo disse...

Tudo tretas. A Ctoc não representa ninguém. Pelo menos a mim, não deixo que o faça. Não tem qualidade nenhuma e, existir ou não existir, era igual. Não faz falta. Não regula nada, não faz formações de jeito. Para isto, qualquer um fazia. Para actualizar-me se não fosse a APECA e as suas formações... para ficar à espera da Câmara morria analfabeta. Com as acções de formação da Câmara o que é que se aprende??? Pois eu até já tive uma senhora a ressonar ao meu lado numa formação. E, foi logo da parte da manhã. As pessoas só vão a estas formações por causa dos créditos, pq de resto, elas não interessam a ninguém. Se queremos actualizar-nos temos que procurar noutro lado. Até as consultas telefónicas são incorrectas! Estamos a dar palha a burros. Pergunto: para que serve esta CTOC????????

Anónimo disse...

Bla Bla Bla.
Sou contra todas as ordens, é um disparate.
Sou "TOC".
Isto da ordem dos advogados, a ordem dos solicitadores os CTOC....tudo bla bla bla bla.
Isto é só mesmo para que os que já estão inseridos tenham uma maior proteção. É uma barreira á entrada para a nova concorrência.
E quem entrar tem de prestar tributo e vassalagem num estagio que o único que aproveita é a entidade patronal.
È a questão da qualidade? Dizem os enganadores os falsos moralistas da qualidade.
Então aqui fica o desafio, exame anual quem tirar menos de 10 sai da ordem, resolve-se o problema da qualidade.
Onde é que já se viu que freqüentar umas accções de formação e umas palestras é sinônimo de qualidade??

Quem fala assim não é gago é um homem do PORTO.

Mas que coisa, será que sou o único que percebo o que está a acontecer???!!!!!!!!!!!!!!
Ah e a ordem dos advogados o estagio é 30 meses?!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Ahahahahahahhahahahahhahah................O “marinho” em vez de perder o tempo a defender o Sócrates devia era fazer alguma coisa por esta vergonha.
É uma vergonha!!!!
Não há ninguém que se revolte pelos os motivos certos??

Anónimo disse...

pois é...realmente burocracias para aqui e para ali...e andam lá meia dúzia de indivíduos com grandes tachos a limpar uns trocos bem grandes...é pena neste país de oportunistas e mercenários ser tão difícil vingar através do seu próprio negócio, ou seja, é difícil ser empreendedor...pelo que leio, ao longo destes últimos anos a CTOC é mais uma, das inúmeras fachadas existentes no nosso país que serve sim para trancar a porta a muita gente e não para abrir a porta aos mesmos.
Não percebo o porquê de tanta papelada e dificuldade para se ser TOC quando cada vez mais aumentam os escândalos financeiros por se "aldrabarem" ou "pintarem balanços" das empresas.
Deixem-se de hipocrisias e vejam a podridão do sistema português, onde se só vences de possuíres o factor "C" (Factor Cunha)

Abraço

Anónimo disse...

olá, olá, não querendo mudar de assunto, mas entrando neste forum, agradecia que alguém me informasse se é necessário ir a essas ditas formações para continuar a ser TOC. Sou TOC há 3 anos e nunca exerci a profissão.
Pagos as cotas, mas nunca pedi vinhetas.
obrigada

Anónimo disse...

COMENTANDO

"olá, olá, não querendo mudar de assunto, mas entrando neste forum, agradecia que alguém me informasse se é necessário ir a essas ditas formações para continuar a ser TOC. Sou TOC há 3 anos e nunca exerci a profissão.
Pagos as cotas, mas nunca pedi vinhetas.
obrigada"

ENTÃO ESTÁ INSCRITO PARA QUÊ??? PARA FAZER NÚMERO !!! CANCELE A INSCRIÇÃO. É O MELHOR QUE TEM A FAZER !! VOCÊ E MAIS UNS MILHARES IGUAIS A SI!!!

NOTA: JÁ AGORA SE É TOC DEVERIA SABER QUE SE NÃO EXERCE NÃO NECESSITA DOS 75 PONTOS POR BIÉNIO.

SAUDAÇÕES CONTABILISTICAS!!

Anónimo disse...

Depois de ler estes comentários todos, sou da opinião que grande culpa do que se passa nesta "profissão" reside no facto de terem como presidente (e futuro "bastonário"?) um indivíduo com aspecto de merceeiro e menos habilitação académica que algus merceeiros.

Que país é este em que vivemos em que se transforma uma câmara em ordem que despreza os licenciados em Economia ou em Gestão?

Anónimo disse...

Pois bem...
Vou deixar aqui a minha palavrinha visto ir fazer o proximo exame da CTOC!!!
Sinceramente o que eu não concordo mesmo é a maneira como os exames são feitos... ora vejamos... eu tive a fazer um curso de preparação ao exame da CTOC no qual resolvemos todos os exames feitos até aqui. Incrivel dos incriveis, encontramos não uma, mas muiiiitas perguntas às quais não havia resposta correcta, ou haviam duas... ou até as 4 respostas eram possíveis!!!
Isto é algo inadmissivel!!!

Joanitah disse...

Caros,
Peço desculpa por mudar um pouco de tema.
O meu estágio foi aprovado em Julho deste ano. Hoje recebo uma carta registada a convocar-me para o exame de 31 Out. Será isto possível dado que não me propus a exame nesta data? A CTOC marca os exames pelos alunos?

Muito obrigada.

Anónimo disse...

quando te inscreves preenches um formolário onde assinalas que pertendes fazer exame mas não indicas qual a data em q o vais fazer. Por isso o exame é feito na epoca imediatamente a seguir a teres aprovado no estágio. se náo quizeres fazer o exame de 31 de outubro tens de preencher o formolário de adiamento que está no saite da ctoc.

Anónimo disse...

vamos ver como vai ser o exame sabado!!!!!!!!!!!!!!

Anónimo disse...

Caros colegas,

Fiquei bastante perplexa ao verificar certos comentários que aqui constam. Afinal queremos ser TOC para quê? Apenas para exibir o título? Apenas para ganhar " umas massas extra"? Creio que não é esse o intuito da profissão. Quer queiramos quer não nós temos uma grande responsabilidade em mãos!!! Um TOC não é apenas aquele que lança contabilidade!!! Temos o dever de produzir informação útil aos diversos destinatários dessa mesma! Ora, creio que para isso precisamos de mais do que um simples canudo!!! Tal como dizia um meu professor: "Vocês saem daqui sem saber fazer nada!". É nosso dever durante a licenciatura angariar a máxima informação possível, umas boas bases e uma boa agilidade, porque é aquilo que nos é dado: ferramentas de trabalho. Cá fora, é isso que temos de saber usar. Não temos de ter tudo na ponta da língua, mas devemos saber onde encontrar a informação e como a articular! E é isso que acontece nos exames da CTOC, quem levar uma boa preparação de base e se souber localizar em toda a legislação disponível não terá grandes dificuldades! Quanto a esse senhor com um pobre comentário aos TOC que estão inscritos e não exercem, parece-me bastante infeliz! Eu também me encontro nessa situação! Porque creio que não devemos assumir logo de início responsabilidades quando ainda estamos verdes... todos os dias assistimos a erros crassos, que a mim me dão vergonha... Creio que devemos primeiramente angariar alguma experiência que nos possa preparar para a vida activa, porque nem todos têm a sorte (ou azar...) de se encontrar a trabalhar na área quando entra para a OTOC. A todos desejo um excelente sucesso profissional e pessoal!! O nosso País precisa de bons profissionais!

Anónimo disse...

Quanto ao último comentário, olhe minha senhora também não concordo como certos tocs se comportam, da última vez lancei tudo, inventei alguns lançamentos, eu não sendo TOC, e o respectivo Toc, simplesmente fez a declaração de IVA, sem ver, sem corrigir, isto é verdade. Tornem-se briosos, eu ando a espera de passar na porra do exame, mas vcs tratem de mudar a mentalidade, aumentem as avenças e façam um melhor trabalho...

Anónimo disse...

Caros colegas, o que tenho a dizer é o seguinte, relativamente aos exames não é k esteja contra a sua realização, mas sim contra a forma como são elaboradas as perguntas e respostas, porque não o fazem de forma correcta e eu falo por experiência própria.
As perguntas k tem mais de uma resposta possível, depois qual será a resposta certa?! Vão optar pela resposta k menos pessoas acertam, ou o k fazem, muito estranho... e mais todos gostavam de saber a nota em concreto, não apenas, aprovado ou não aprovado.
Em relação ao resto não tenho nd a dizer. Cada um tem a sua opinião, não há necessidade de criticar e de maltratar... somos livres de ter opiniões diferentes.

Anónimo disse...

os ke coordenam os exames e que fizeram questão de exigir o exame para reprovarem a maior parte e ganhar fortunas , são todos uma cambada de ladrões, corruptos e filhos da puta... deviam ser imputados os factos ao tribunal europeu .

Anónimo disse...

Elucidem-me acerca de algo que soube hoje quando estava a ver a nova regulamentação para a entrada na Câmara dos Técnicos Oficiais de Conta. A Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra foi retirada da lista de faculdade e institutos que estavam habilitados para posteriormente candidatar-se a exame após a realização do estágio?!

Anónimo disse...

Boa tarde:

Sou licenciada em economia na Faculdade de Economia Universidade do Porto, curso pré-bolonha.Pretendo agora dar continuidade ao trabalho do meu avô (já falecido) e o qual o meu pai continua apesar de não ser TOC. Não faço a minima ideia por onde hei-de começar. Tenho que me inscrever na OTOC, antes de iniciar o estágio?Ou posso iniciar o estágio e depois inscrever-me para o exame?
Agradeço imenso toda a ajuda que me possam prestar.

VS

Anónimo disse...

Não será mais fácil telefonares para a OTOC e perguntares para obteres uma resposta fidedigna!?
Mas é óbvio que primeiro tens que te inscrever no estágio.

Notícias - News - Prensa

Loading...

Os posts mais populares (de sempre!)

Pesquisar neste blogue

A carregar...